Blog dedicado a Aldeia de Amoreira e a todos os seus habitantes e amigos.......

22
Ago 16

 

DSC00631.JPG

DSC00611.JPG

 

 

 

 

Aldeia de Amoreira, 29 de maio de dois mil e dezasseis, faltam poucos minutos para as 9 da manhã, Zé Carlos ( Presidente do CCD) e Lena Damas (atual padeira de Amoreira) já fazem a chamada das pessoas previamente inscritas, para os respetivos autocarros.

Todos (adeptos e jogadores) levam na bagagem a esperança de eliminar a equipa do Altis\Praxe (campeão do distrito do Porto) e a consequente passagem aos quartos de final do Nacional do Inatel. O farnel está arrumado, não falta ninguém! Às 9h partimos rumo ao distrito do Porto, mais propriamente ao estádio municipal de Sobrado, Valongo.

Na memória de todos estão ainda as recentes conquistas do CCD de Amoreira, que ao longo de toda a época, de uma forma ou de outra, permitiram à equipa estar presente no Nacional do Inatel.

 

Esta gloriosa caminhada começa com a vitória do torneio de pré época da Câmara Municipal de Abrantes, seguida do primeiro lugar na sua série, que a levou a disputar a fase final da Série I, tendo ainda ganhado, pelo meio a final da taça inatel contra a equipa do Seiça, no campo pelado do Rebocho, Coruche. Após uma sofrida fase final e com muito suor e lágrimas a equipa do CCD Amoreira, a 15 maio ganha, no Estádio Municipal do Mação, o título de Campeão Distrital do Inatel, novamente defronte da excelente equipa do Seiça.

 

Mas voltemos à nossa viagem rumo ao Norte, que entretanto fez uma pausa na área de serviço da Mealhada para aliviar a bexiga, comer uma” bucha” e matar os vícios. Com todos bem dispostos partem novamente os autocarros cheios de esperança.

Hora de almoço, chegamos finalmente ao destino e mesmo ali às portas do estádio cada um arranja um metro quadrado para estender a toalha do farnel. Todos comemos próximos, jogadores e adeptos confundem-se naquele grande piquenique, em família.

Até à hora do jogo caminha-se, “invade-se” no bom sentido o café mais próximo, contam-se piadas e histórias antigas para disfarçar a ansiedade.

Finalmente... a hora do jogo! Sempre muito dividido, mas duas desconcentrações deixam os avançados da equipa rival à vontade para marcar dois golos, e chegamos ao fim da primeira parte a perder.

Começa a segunda parte e conseguimos empatar: 2-2, os nossos rapazes mostram vontade e garra, mas de parte a parte as forças vão faltando e... um remate certeiro de longa distancia da equipa adversária mata o jogo.

E termina um jogo intenso dentro e fora do retângulo de jogo com um gosto agridoce, pois fica a sensação que a equipa do distrito do Porto teve a sorte do jogo, o qual nos era perfeitamente acessível, mas no fim ganha quem marca. A tristeza invade os jogadores, diretores e adeptos do CCD Amoreira.

Termina uma excelente época de um clube de uma pequena aldeia, que levou o nome da freguesia , do concelho e do distrito muito longe.

Estamos na viagem de regresso e os adeptos vêm animados pois o orgulho na equipa e nas conquistas desta época é IMENSO e são eles, os adeptos que levantam a moral de jogadores, técnicos e dirigentes. Todos Juntos!

Chegamos a casa, 14 horas depois, um dia cheio de muitas emoções e penso que esta historia não acaba aqui...que daqui a uns meses se houver força e dinheiro irá começar tudo outra vez. Não será fácil repetir tudo de novo..

Mas com o povo unido nunca se sabe o que poderá acontecer!! #Carrega Amoreira!!!!!

 

publicado por Nuno Damoreira às 18:51

13
Abr 15

A equipa do C.C.D de Amoreira deslocou-se no passado dia 5 de Abril de 2015 ( Dia de Pascoa) ao campo do Bairrense , na bonita aldeia do Bairro,onde disputou o jogo da final com a equipa do Benfica do Ribatejo. Após um jogo muito disputado e emotivo, a equipa de Amoreira acabou por levar o troféu para casa após derrotar por 2-1 a equipa de Benfica do Ribatejo. Os meus parabéns ao vencedores mas também ao vencidos pois também lutaram até ao fim!!

Parabéns CCD de Amoreira!!!

 

 

 

 

 

 

publicado por Nuno Damoreira às 20:16
sinto-me:

06
Mai 14
No passado dia 1 de Maio de 2014 o CCD de Amoreira sagrou-se Campeão Distrital do Inatel da SerieII.
Aqui fica uma compilação dos melhores momentos que os Amoreirenses partilharam nas redes Sociais.
Que para o ano voltemos a ter mais motivos para festejar....



publicado por Nuno Damoreira às 16:54

05
Jan 14
publicado por Nuno Damoreira às 00:14

01
Dez 13
Ainda se lembram desta equipa fantástica?!!
Saudades destes tempos....

publicado por Nuno Damoreira às 20:00

25
Nov 13
Uma das melhores equipas de sempre do C.C.D de Amoreira!!!
publicado por Nuno Damoreira às 19:53



publicado por Nuno Damoreira às 00:35

01
Out 13




publicado por Nuno Damoreira às 17:11

30
Ago 13
Fez no passado dia 1 de Maio de 2013, cento e dezasseis anos que saiu para a rua o primeiro exemplar da revista “ O RioMoinhense”.
A revista que teve o seu primeiro número no ano de 1897, tinha como director o senhor Francisco Egídio Salgueiro que classificava “O RioMoinhense” como sendo uma revista de cariz científico, literário, noticioso, crítico e biográfico e veio preencher um espaço de grande importância, pois naquela altura os meios de informação eram escassos.
Mas em pleno século XXI, os vinte e quatro números já publicados são muito importantes para percebermos como viviam os nossos antepassados e quais eram as preocupações e desejos para a sua freguesia, como alguém disse uma vez “ quem não valoriza a sua história arrisca-se a cometer os mesmos erros”.
Esta publicação tinha sede em Abrantes, mas as suas notícias eram como se a sua sede fosse em Rio de Moinhos. Os pedidos de assinatura e de anúncios eram feitos na farmácia Pires em Rio de Moinhos e na Livraria de António Augusto Salgueiro em Abrantes. Uma assinatura para os habitantes de Rio de Moinhos custava na altura 250 reis, mas para habitantes de outros locais custava 300 reis. Na sua primeira edição, “O RioMoinhense” escreve que em finais do séc.XVII, Rio de Moinhos era um lugarejo com cerca de cem fogos dispersos ribeira acima até ao Braçal, “ ….pode assim sem receio rivalizar com a Sintra imortalizada por Byron . ”
Podemos ler também que a Junta da Paróquia manifestava o desejo de ver alguns melhoramentos na freguesia “ quase dois anos depois de orçado e aprovado o calcetamento do largo em frente à Igreja, não voltou a falar-se no assunto.” (O RioMoinhense nº1).
Sugeria-se ainda ao Município para solicitar ao governo a construção da estrada até à Pucariça ou Aldeia de Mato, e pedia-se a colocação de candeeiros para a Pucariça e Caldelas e também o arranjo da fonte. Nos números que se seguiram foram feitas várias biografias de personalidades importantes da época, saíram notícias sobre a vida do concelho e localidades vizinhas como Montalvo. Mas dos vários artigos publicados destaca-se o tema da educação, pois havia um défice de escolas na região. Abrantes tinha apenas uma escola de ensino elementar e um professor para uma população de sete mil habitantes. Segundo o “RioMoinhense” também a Junta da Paróquia de Rio de Moinhos se pronunciou favorável quanto a instalação de uma escola em Amoreira; semanas depois a pedido de Avelar Machado, foi aprovada a criação de uma escola de ensino elementar em Amoreira, mas constando que a Câmara decidiu “... não tomar a seu cargo o fornecer da casa e da mobília escolar.”
Assim, através do” RioMoinhense” de 1897 podemos hoje, saber um pouco mais da vida dos nossos antepassados, na altura. Para quem quer saber mais, aconselho a leitura da revista Zahara de Novembro de 2011, disponível na biblioteca Municipal de Abrantes.
Para finalizar gostaria de realçar o nome do Sr. Rui André e a importância que têm tido as publicações escritas sobre a nossa freguesia, quer em papel quer em formato digital, bem como as fotos que tem tirado nos principais eventos, para que no futuro também as próximas gerações percebam como se vivia no início do séc. XXI.

publicado por Nuno Damoreira às 08:43

29
Ago 13
Caros Amigos!!
Alguém tem documentos ou fotos antigas com interesse que queira partilhar?
Quem tiver ou estiver interessado em partilhar com todos os Amoreirenses pode enviar para o meu email ou contactar-me pessoalmente que eu introduzo no nosso blog!!
Vamos todos fazer do nosso blog um ponto de encontro de Amigos, onde se pode recordar o passado mas acima de tudo cimentar as amizades do futuro.

Nunodamoreira
(nunobull@gmail.com)























Porto de Amoreira

publicado por Nuno Damoreira às 09:01

mais sobre mim
Agosto 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
26
27

28
29
30
31


blogs SAPO